Para atender a Dilma, Jackson pode votar contra Temer

O PMDB realizará Convenção Nacional no próximo mês de março.

Dividido, o partido pode não reconduzir o vice-presidente da República, Michel Temer, ao comando da legenda.

Os votos do partido em Sergipe, liderado pelo governador Jackson Barreto, podem fazer falta a Temer, se ele continuar com problemas na relação política com a presidente Dilma Rousseff (PT).

Entre Dilma e Temer, Jackson continuará com a presidente.

Informações: NE Noticias