Dilma se conforma com a ideia de que não terminará mandato

A presidente Dilma Rousseff já reage com resignação quando confrontada com o diagnóstico, feito até por ministros da equipe dela, de que o governo pode não chegar ao final. "Eu tenho que combater o bom combate. Ganhar ou perder é o resultado", afirma.

NA LUA

Dirigentes do PT e auxiliares próximos da presidente analisam que ela não teria a exata noção da gravidade da crise, protegendo-se no que chamam de "autismo".

NA TERRA

Ministros do núcleo mais próximo da presidente dizem que ela, na verdade, está serena.

A ideia de que o governo não chega a 2018 é praticamente consensual entre eles.