Ewerton Câmara é demitido do Estanciano e Luiz Juresco assume

E dança das cadeiras dos técnicos no futebol sergipano continua. Para falar sobre isso dá até para parafrasear Carlos Drummond de Andrade. Rocha, que treinava o Itabaiana, foi para o Boca Júnior, que dispensou Juresco, que foi assumir o Estanciano, que demitiu Ewerton Câmara, que agora não comanda mais ninguém.

- É assim mesmo. O mundo do futebol é a realidade e algumas coisas que já vinham acontecendo motivaram a demissão (de Ewerton Câmara). Futebol é resultado - disse o presidente do Estanciano, Sidney Araújo, à Gazeta de Estância.

- Assumo hoje à tarde me apresento lá (no Estanciano). Chegamos em um momento que começou um novo campeonato e ninguém tem vantagem sobre ninguém. O importante é estar no hexagonal. Tive uma conversa ontem aqui em Aracaju com o presidente do Estanciano e tivemos um acerto bacana.

Agora, é dar sequência no trabalho, fazer poucas mudanças, até porque a estrutura do Estanciano já é muito boa. O elenco é bom, eu vi alguns jogos deles. É isso, estou feliz em poder começar um novo trabalho, uma nova vida. No mais, é só trabalhar para conhecer melhor o grupo e conseguir bons resultados. Para isso, vou passar para eles a forma que gosto de trabalhar, que é simples e objetiva - comentou Luiz Juresco, o novo técnico do Canário.

No hexagonal, o treinador reencontrará o Boca Júnior, time que comandou durante quase toda a primeira fase do Campeonato Sergipano. 

- Natural, né? São coisas da vida. Sou amigo particular do presidente do Boca, o Behar, e foi o responsável por ter me trazido aqui para Sergipe. Mas, eles não serão meus inimigos, serão apenas adversários. Vida que segue, continuarei sendo profissional como sempre fui e vamos jogar firmes contra o Boca. Deixo claro que não tenho nada contra essa equipe na qual estive quase toda primeira fase - finalizou Luiz Juresco.

Globo Esporte / SE