Exclusivo: Polícia prende mandante e executor do assassinato do empresário Adriano Teles

O empresário Adriano Teles, 37 anos, assassinado no começo desta semana, no município de Tobias Barreto, sul de Sergipe, teria sido morto por engano.

A informação foi confirmada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (25) e os investigadores chegaram a essa conclusão após efetuar, nessa quinta-feira (24), a prisão de dois suspeitos de participação no homicídio.

Estão presos Ranflei Nascimento de Oliveira, 21, acusado de ser o autor dos disparos que mataram o empresário, e Rafael Aguiar dos Santos, 22, que seria o mandante do crime. Entretanto, em depoimento, ele alegou que teria contratado o atirador pra executar um desafeto que atuava no tráfico de drogas naquela localidade e não Adriano.

O caso está sendo investigado pelo delegado Edson Nixon, que deve conceder uma entrevista coletiva no começo da próxima semana para detalhar as prisões e o inquérito.

O empresário foi assassinado na porta de um bar em uma das praças daquela cidade.

(Assassino)