Jackson mantém posição contra rompimento com Dilma e Temer estuda mudar o PMDB de Sergipe ainda este ano

O vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, trabalha para obter unanimidade no desembarque do partido do governo Dilma Rousseff (PT), que deve ocorrer nesta terça-feira, 29, em Brasília.

Levou um "não" do governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), que disse que votará contra o rompimento.

Há quem diga que Temer tomará providências, ainda este ano, sobre o PMDB de Sergipe.

NE Noticias