Câmara já tem 383 votos pró-impeachment e Senado 42, diz site

Números divulgados pelo site O Antagonista mostram que o processo de impeachment tem cenário favorável a sua aprovação tanto na Câmara Federal como no Senado. Segundo levantamento feito pelo grupo pró-Michel Temer, o impedimento da presidente Dilma Rousseff (PT) possui 383 votos favoráveis.

No governo, que precisa de 172 votos para barrar o processo, o cálculo é que estão garantidos cerca de 148, número insuficiente, até o momento. “8 deputados do PSD, 3 do PSB, 17 do PR, 9 do PP, 5 do PTB, um do PHS, um do PEN, um do PT do B, dois da Rede, um do Pros, 6 do PTN, 2 do PHS, 10 do PC do B, 61 do PT, 6 do Psol e 15 do PDT", elencou um governista, ressaltando que faltam 23 para derrotar o impeachment.

Caso passe pelo plenário da Câmara, no Senado a previsão é que Dilma sofra o impedimento. Um levantamento feito pelo jornal Estadão já há maioria simples para abrir o processo contra Dilma Rousseff e afastá-la do Palácio do Planalto por 180 dias. Pelo menos 42 senadores estão a favor do processo, 17 contra, 10 indecisos, 8 não quiseram se posicionar e 4 não foram encontrados para responder.