Ônibus escolar é apedrejado e bandidos roubam e agridem estudantes

Uma situação de terror aconteceu com estudantes no fim da tarde desta terça-feira(17) em Lagarto. Segundo informações o ônibus que levava jovens para o assentamento Uberaba caiu em uma tocaia feita por quatro bandidos armados.

Segundo relato da secretária de Educação Islene Prata, a via de acesso ao assentamento, que fica na zona rural, é bastante esquisita e várias vezes uma viatura da PM foi acionada para fazer a escolta do ônibus, já quem em algumas ocasiões o veículo foi apedrejado.

Ontem, ao passar pelo trecho rural, várias pedras grandes espalhadas na via impediam a passagem do carro. O condutor parou e quando percebeu, quatro homens armados exigiram que o mesmo abrisse a porta. O bandidos entraram e levaram pertences dos estudantes e com violência agrediram o motorista e até alguns jovens. 
Uma criança que estava com um senhor começou a chorar e foi ameaçada pelos marginais.

Após os momentos de terror dentro do veículo os bandidos fugiram. O motorista, mesmo ferido, ainda levou os estudantes até o assentamento, quando então recebeu socorro, sendo conduzido ao Hospital Regional.

ESCOLTA

O comandante do 7º Batalhão, major Kléberson Pinheiro, explicou que diariamente uma viatura faz a escolta dos ônibus escolares. "Sempre que podemos estamos fazendo essa escolta, mas, devido às limitações e o tamanho da cidade, não é possível integralmente. Infelizmente ontem não estávamos presentes neste caso por conta de uma outra ocorrência", falou.

OUTRO CASO

Na noite de ontem o veículo que levava estudantes para o povoado Olhos Dágua e comunidades vizinhas também foi alvo de bandidos. Segundo relato do vereador Washington, estudantes pediram providência e socorro pois ao passarem pelo Boieiro, tiros foram disparados em direção ao ônibus. A intenção seria que o condutor parasse, mas por felicidade, o carro não foi seguido e nem atingido.

O vereador disse que uma reunião está agendada com o major Kléberson Pinheiro, nesta quinta-feira às 19h na sede do BPM, para discutir que providências serão tomadas.

Lagartense.com