Policiais e Bombeiros Militares de Sergipe vão ás ruas nesta 5ª em Busca de seus direitos

Associações Unidas vão às ruas em busca de seus direitos. Governo não atende policiais e novo movimento paredista pode acontecer a exemplo do que ocorreu em Pernambuco

Sem acordo com o governo do estado por conta das reivindicações que vem sendo feitas há mais de 5 anos, policiais, bombeiros militares e policiais civis não reenquadrados, realizam na tarde desta quinta-feira (12), uma caminhada como forma de chamar a atenção da sociedade e do governo do estado.

As principais reivindicações dos PMs, BMs e PCs, é no sentido de que haja isonomia dentro da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe. Para os policiais, não há isonomia (igualdade no tratamento entre as classes).

Para o representante das Associações Unidas, sargento reformado Jorge Vieira, “é preciso corrigir essa anomalia que acaba desestimulando o profissional da segurança pública, que vê no dia a dia, um colega tendo mais beneficio que o outro. Isso desagrada a qualquer trabalhador quando vê que o governo não atende as reivindicações que justas”, afirma Vieira.

Ele explica que a concentração ocorrerá às 14 horas na praça Fausto Cardoso, em frente à Assembleia Legislativa. Os policiais sairão em companhia de familiares e amigos caminhando pela rua Itabaiana com destino ao mercado municipal, passando pelas ruas Apulcro Mota, Florentino Medeiros e calçadão João Pessoa e de lá retornarão à praça Fausto Cardoso onde encerrará o movimento.

As Associações Unidas estão convidando todos os policiais de folga e desarmados para que compareçam para participar da manifestação.

Fax Aju