Sergipe empata com Murici-AL em 3 a 3 no Batistão

Terceiro empate seguido, segundo deles em casa e um motivo a mais para a torcida ficar na bronca. Na tarde deste domingo, 26, o Club Sportivo Sergipe escapou de perder por pouco e arrancou uma igualdade em 3 a 3 com o Murici-AL em pleno estádio Lourival Baptista.

Com o resultado, o time segue sem vencer na Série D – ainda que também não tenha perdido ainda – e amarga a terceira colocação de sua chave com três pontos. Na próxima semana, no domingo, 3, o Colorado vai visitar o Murici em Alagoas.

O jogo

O Sergipe entrou em campo com a obrigação da vitória. Mas apesar de começar com mais posse de bola, o time não conseguiu chutar ao gol – e ambos os times, nos primeiros minutos, apenas testaram as marcações um do outro. Mas na primeira vez que a bola foi em direção à meta, entrou. Aos 16, após cobrança de escanteio, o alvirrubro Diego Neves subiu mais que todos e testou pras redes: Sergipe 1 a 0.

Após abrir o placar, o Sergipe continuou inspirado. Rafael Vila, de fora da área, e Hiago, de cabeça, quase ampliaram. Mas foi em um vacilo defensivo lá pelo fim do primeiro tempo que os visitantes conseguiram empatar: pênalti para o Murici aos 43. Leonardo cobrou, Giovani defendeu e, no rebote, o próprio Leonardo colocou pra dentro: 1 a 1.

Na segunda etapa, o equilíbrio persistiu. Até que, aos 14, após cobrança de falta a partir da esquerda, o alvirrubro André aproveitou a sobra de um bate e rebate na pequena área e colocou pra dentro: Sergipe 2 a 1. À frente no placar no segundo tempo, o Sergipe se viu diante de seu maior desafio: administrar a vitória parcial – façanha que não atingiu em nenhuma das partidas anteriores.

As circunstâncias pareciam ajudar. Aos 27, Deizinho foi expulso após falta dura em Fabrício e deixou o Murici com menos um. Mas o esforço alvirrubro de se segurar não deu certo. Aos 40, após escanteio, Rodrigão subiu mais que todos na área e empatou tudo: 2 a 2. E ainda iria piorar. 

Desconcentrados com mais um empate no fim da partida, os jogadores do Sergipe não seguraram a jogada da virada: aos 45, após cruzamento da esquerda, Wellington cabeceou no segundo pau e marcou o terceiro dos alagoanos: 3 a 2.

Quando boa parte da torcida do Sergipe já havia se retirado irritada, o goleiro Gil fez falta em John Lennon na grande área no último minuto dos acréscimos: pênalti para o Colorado. Diego Neves cobrou sem frescura e empatou a partida em um gol comemorado pelos torcedores com um misto de revolta e alívio: 3 a 3. E nada mais aconteceu até o apito final.

FICHA TÉCNICA
Sergipe 3 x 3 Murici-AL
Gols: Diego Neves (14’ 1t), Leonardo (43’ 1t), André (14’ 2t), Rodrigão (40’ 2t), Wellington (46’ 2t), Diego Neves (49’ 2t)

SERGIPE
Giovani, John Lennon, André, Thiago Peal, Gil Baiano, Max (Marcelinho), Fabrício Lusa (Thalis), Gabriel Cajano (Marlon), Diego Neves, Rafael Vila, Hiago

MURICI
Gil, Paulo Sérgio, Jean, Rodrigão, Edvaldo, Thalisson, Sorin (Wellington), Johnattan, Tarcísio (Gueba), Leonardo (Diego), Deizinho

Cartões amarelos: Gil Baiano, Diego Neves, Hiago, Rodrigão, Thalisson, Sorin, Johnattan
Cartão vermelho: Deizinho
Público pagante: 2.212
Renda: R$ 48.112

Por Igor Matheus