PT pode sofrer redução drástica em número de prefeitos nas capitais neste ano

O PT elegeu seis prefeitos nas capitais em 2008, quatro em 2008 e caminha com apenas um favorito neste pleito de outubro. O cenário de desgaste que a sigla enfrenta com escândalos de corrupção pode ter causar sérios impactos na agenda do partido.

Conforme informações do site Diário do Poder, das 26 capitais, o partido tem chance de vitória apenas em Rio Branco, capital do Acre, com a possível reeleição de Marcus Alexandre.

Favorito anos atrás no Recife, em Pernambuco, João Paulo teria chances remotas. Em São Paulo, o PT e o ex-presidente Lula vão se empenhar na reeleição de Fernando Haddad, mas a baixa aprovação do gestor petista pode ser um problema.

A estratégia do partido, em algumas capitais, tem sido apoiar outras legendas. Em Salvador, por exemplo, a legenda indicou a vice na chapa liderada pelo PCdoB. Em Aracaju, o PT apoiará o PMDB.