Relatos de propina da Odebrecht podem atingir POLÍTICOS de Sergipe

A Odebrecht criou um sistema de propinas a políticos que, para os investigadores da Laja-Jato, era totalmente informatizado.

NE Notícias apurou que as delações de Marcelo Odebrecht e de cinco delatores do 'Banco da Propina' vão bater na eleição municipal deste ano em Sergipe.

A delação de três executivos e dois ex-funcionários que adquiriram o 'Banco da Propina' já foi homologada pelo juiz Sergio Moro.

Falta a de Marcelo, filho de Emilio, dono da Odebrecht.

Em Brasília, há rumores de que nomes de políticos que tiveram ajuda financeira da Odebrecht chegarão ao conhecimento da imprensa antes mesmo da homologação da delação de Marcelo, que continua preso em Curitiba.

Como as informações dos delatores chegam a eleições anteriores a 2010, o que se comenta em Sergipe é que, não apenas um, mas "alguns políticos de Sergipe" podem ter seus nomes divulgados nos próximos dias.