Sorriso desequilibra, Itabaiana vence Uniclinic no PV e avança na Série D

Após três empates entre as equipes no Brasileiro da Série D, enfim uma vitória. Quem levou a melhor foi o Itabaiana. O Tricolor da Serra não se intimidou pelo fato de estar jogando fora de casa e foi ofensivo desde o primeiro minuto de jogo no Presidente Vargas, em Fortaleza.

E coube a um lateral decidir a partida e deixar o torcedor do Tremendão rindo à toa. Anderson Sorriso marcou dois golaços em cobranças de falta e Paulinho Macaíba fechou a conta, de cabeça, eliminando o Uniclinic em casa. Agora, o time sergipano vai enfrentar o Campinense, que eliminou o Globo-RN. 

O jogo de ida será no Amigão, na Paraíba, e está previsto para o dia 14 de agosto. O de volta no Etelvino Mendonça, está marcado inicialmente para 21 de agosto.

Equilíbrio e gol no finalzinho

Determinados a definir o resultado no tempo normal, Itabaiana e Uniclinic foram para o ataque com força total. Desde o primeiro momento os times pressionavam bastante. O Tricolor da Serra era mais incisivo, mas foi a Águia da Precabura que chegou com perigo primeiro. Wanderley chutou e Max defendeu. Depois os cearenses tentaram na jogada aérea, porém o goleiro do Tremendão foi mais esperto e se antecipou no lance. Um minuto depois a equipe sergipana respondeu com Diogo Orlando e Alex espalmou. Com isso, o jogo ganhava em velocidade e em chances de gol. Ambos começavam a ameaçar com mais intensidade as metas.

E assim permanecia a primeira etapa, com boas chegadas das duas equipes. Wanderley e Guto pelo Uniclinic, Macaíba e Janilson Madona pelo Itabaiana. Mas nenhum desses conseguiu balançar a rede. Até que, aos 42 minutos, o Tricolor tem boa chance em cobrança de falta. Sorriso cobra, a bola bate em uma trave, na outra e vai morrer no fundo das redes. Gol do Itabaiana! Enfim, o placar do Presidente Vargas "desencantou". Antes do final do primeiro tempo a Águia da Precabura ainda teve a chance do empate em lance de bola parada, mas não foi eficiente e assim terminaram os primeiros 47 minutos.

Sorriso "mitou" e Macaíba fechou

Foi só a bola voltar a rolar e o Itabaiana ter uma cobrança de falta para Anderson Sorriso se consagrar como o herói da classificação fora de casa. Aos dois minutos do segundo tempo, em uma falta do lado esquerdo de ataque o lateral do Tremendão mandou direto para o gol e encobriu Alex. Golaço! Com isso, a classificação do time sergipano estava praticamente garantida. Ao Uniclinic era necessário virar a partida. Com a diferença no placar, os visitantes relaxaram um pouco, mesmo assim continuavam chegando nos contra-ataques.

Mas quem pressionava com mais frequência eram os donos da casa. O goleiro Max e a zaga tricolor evitavam de todas as formas que o Uniclinic balançasse a rede. Enquanto, Macaíba e Fabiano Tanque tentavam nos contra-ataques garantir a classificação antes do apito final. Foi aí que, aos 26 minutos, Igor chutou de fora da área, Alex tentou tirar, a bola bateu na trave e, na sobra, Macaíba mandou de cabeça para o fundo das redes, "fechando a conta" para o Itabaiana. Max fez grandes defesas durante a partida, só não conseguiu evitar o chute de Dico e de Preto, que diminuíram para a Águia da Precabura. E a reação do clube cearense parou por aí. Aos 49 minutos o árbitro apitou pela última vez no PV e o Itabaiana avançou na Série D.