Jogadores e dirigentes analisam os grupos de Ita e Sergipe na Copa NE

Grupos definidos para a Copa do Nordeste 2017. Na chave D, o Itabaiana terá CSA, CRB e ABC como adversários. No Grupo E, o Sergipe vai ter a companhia do Vitória, do América de Natal e  do Botafogo-PB. Logo após a divulgação do sorteio, alguns atletas e dirigentes do Tricolor da Serra e do Mais Querido analisaram as chaves. 

ITABAIANA

A última vez que o Tricolor da Serra esteve no torneio foi em 2013, quando terminou em último lugar no forte Grupo A que tinha Ceará, Bahia e ABC. Mesmo assim foi eliminado sem perder um jogo no antigo Estádio Presidente Médici, hoje Etelvino Mendonça. E agora, será que o Tremendão avança?

- Estamos satisfeitos com o grupo. Há uma igualdade de forças. Não acredito que o CSA mantenha o plantel forte que teve esta temporada. Vamos manter em torno de 80% do grupo, traremos um comandante técnico e vamos buscar uma boa participação na competição - afirmou o presidente do Itabaiana, Amilton Gomes.

- Todas as chaves terão grandes equipes, a do Itabaiana eu acredito que ficou intermediária. Foi uma chave boa, com duas equipes de Alagoas e uma do Rio Grande do Norte. Então, a gente tem plenas condições de brigar de igual para igual com essas equipes. Temos a consciência que são equipes qualificadas que caíram em nosso grupo, mas o plantel que ficou desta temporada vai fazer uma boa competição - ressaltou o goleiro Genivaldo, que estava com Amilton Gomes no sorteio realizado em João Pessoa na última segunda-feira.

- Vai ser bem disputada, com nível alto. Tenho certeza que o Itabaiana vai tentar manter uma boa equipe para ter bons resultados em 2017 como tivemos este ano. Estou procurando aproveitar, mas também me cuidar, para não perder a forma e estar sempre disponível para o clube quando for solicitada a volta. Espero, de modo particular, fazer boas apresentações em campo, de preferência melhor do que foi esse ano - comentou o goleiro Max.

SERGIPE

O Sergipe esteve em 2014, no mesmo grupo do arquirrival. Fez até uma campanha melhor que o Confiança, mas nenhum dos dois avançou. América de Natal e Vitória ficaram com as vagas na fase seguinte. Curiosamente, as duas equipes estão novamente no caminho do Mais Querido. Será que dá para o alvirrubro?

- Teremos uma competição muito disputada porque desta vez teremos os principais clubes de cada estado. Não tem grupo fácil, todos são muito competitivos. A volta de grandes clubes como Sergipe Náutico, CSA e Vitória torna ainda mais difícil a Copa do Nordeste do próximo ano. Queremos retomar a tradição do Sergipe e ir além na competição, para isso a ideia é montar um time bastante competitivo. Vamos buscar nossa classificação mesmo reconhecendo que todos nossos adversários são muito fortes - explicou o presidente do Sergipe, Silvio Santos.

Fomos premiados com um grupo bastante forte. Estamos cientes da nossa responsabilidade, a diretoria também da deles e tenho certeza que eles vão nos dar condições para realizar um bom campeonato. Ficamos acompanhando o sorteio, preocupados, na ansiedade para descobrir quais seriam nossos adversários e vimos que todos eles são de grande qualidade, mas nós temos totais condições de avançar, é só correr atrás - pontuou o volante Gil Baiano. 

- Grupo forte, mas um grupo bom. Vamos enfrentar um clube de Série A e outros times de tradição como América de Natal e Botafogo da Paraíba. É muito bom o Sergipe estar de volta, disputando uma competição tão importante, com uma visibilidade muito grande - analisou o zagueiro Carlos Alexandre. 

Globo Esporte / SE