Sindicato dos Bancários de Sergipe confirma fim da greve

O Sindicato dos Bancários de Sergipe (Seeb) confirmou o fim da greve da categoria após 31 dias, que foi aprovada durante uma assembleia dos trabalhadores realizada na noite desta quinta-feira (6), em Aracaju.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe (Seeb/SE), Ivânia Pereira, a categoria aceitou a proposta aprovada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que prevê um aumento de 8% mais abono de R$ 3.500 mil, além de melhorias nos tickets alimentação e aumento da licença paternidade. Ficou acordado ainda que os dias de greve não seriam cortados.

“A categoria entrou e saiu unida dessa greve. Enxergo como uma paralisação vitoriosa, pois conseguimos aprovar propostas diferenciadas, como por exemplo, a licença paternidade que passou de cinco dias para 20, e o mais importante, tanto para casais heterossexuais como homoafetivos”, ressalta Ivânia.

Ainda de acordo com ela, os serviços voltam a ser realizados normalmente a partir desta sexta-feira (7).

“Voltamos amanhã no horário normal. Pedimos a população tranquilidade, não é preciso ir todo mundo ao mesmo tempo nas primeiras horas de funcionamento para não causar transtornos”, conclui a presidente do Sindicato dos Bancários em Sergipe.