Operação de combate ao tráfico de drogas prende 25 pessoas

Desde as 3h da madrugada desta segunda-feira (7), o Departamento de Narcóticos (Denarc) de Sergipe deflagrou em Aracaju (SE) a operação 'Onça Pintada', em parceria com a Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil (PC). Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), o objetivo é combater a ação de um rede especializada em tráfico de drogas, com o cumprimento de 32 mandados de prisão preventiva. Até as 9h, 25 pessoas já tinham sido presas.

A ação foi desencadeada após cinco meses de investigação, está sendo realizada em bairros da Zona Sul da capital, na Grande Aracaju e nos estados de Alagoas e São Paulo, com a participação de mais de 100 homens coordenados pelo delegado Osvaldo Resende, do Denarc. A polícia já apreendeu uma grande quantidade de drogas, eletroeletrônicos e veículos.

“A quadrilha é sergipana, mas tem essas ramificações por conta da facilidade na interação com outros marginais, principalmente dentro do presídio. Ainda temos equipes nas ruas fazendo cumprimentos, mas a maior liderança foi presa ainda no domingo (6), quando se deslocava entre os estados de Sergipe e Alagoas. Uma captura feita pelos homens do Denarc e da Rádio Patrulha”, informou o delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira.

Ainda segundo o delegado, a quadrilha movimentava uma grande quantidade de dinheiro e um volume expressivo de entorpecentes. "A localização em um bairro nobre de Aracaju ajudava nesta movimentação”, disse o delegado geral da Polícia Civil

Onça Pintada

A operação recebeu o nome de 'Onça Pintada', porque um dos locais onde está sendo executada em Aracaju (SE) é conhecido como Loteamento Pantanal, habitat natural do animal, localizado no Bairro Inácio Barbosa, Zona Sul. Da sede, o grupo criminoso articulava a distribuição do entorpecente para diversos locais da capital e outros municípios.

G1/SE