Servidores de Sergipe podem ter que fazer empréstimo para receber 13º

O governador Jackson Barreto (PMDB) disse em entrevista à TV Sergipe, no começo da tarde desta segunda-feira (31), que pretende adotar a mesma medida utilizada no ano passado para que os servidores estaduais recebam o 13º salário. 

De acordo com a Secretaria da Fazenda (Sefaz), os cerca de 60 mil servidores ativos e inativos estão recebendo a primeira parcela do benefício no mês do aniversário. Pelos cálculos da Sefaz, o governo precisaria de quase R$ 150 milhões para fazer frente à folha do 13º. 

Como não há previsão de disponibilidade desses recursos, a segunda parcela deve se paga por meio de uma operação de crédito que os servidores devem realizar junto ao Banese.Como no ano passado, o trabalhador vai ter que contratar uma linha de crédito no valor da parcela do décimo e o governo paga mês a mês do empréstimo de antecipação. 

A manobra precisa de aprovação da Assembleia Legislativa.A decisão de praticamente obrigar o servidor a contratar um empréstimo para receber o abono salarial não agradou ao funcionalismo, que vê na medida uma falta de planejamento da Administração. Em 2015, o caso foi parar na Justiça. 

F5 News