STF deve julgar sacrifício religioso de animais

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar outra ação que deve contrapor defensores de animais e das tradições brasileiras. Foi para discussão no plenário o sacrifício de animais em rituais religiosos de origem africana. 

De acordo com o G1, na ação, na ação, o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) busca derrubar trecho de uma lei gaúcha que livra de punição por maus tratos a animais cultos e liturgias das religiões de matriz africana que praticam sacrifícios, como o candomblé.

Caberá agora à presidente da Corte, Cármen Lúcia, marcar uma data para o julgamento, ainda sem previsão para ocorrer.