Cope apreende 23 armas de fogo em três semanas

O Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) apreendeu em 23 dias do mês de novembro exatas 23 armas de fogo. Foram retirados das ruas vários armamentos, entre revólveres, pistolas e espingardas.  Além disso, foram efetuadas as priões de 25 pessoas, cumprindo ordens judiciais que tramitavam no departamento nas referidas três semanas.

Durante as três semanas foram realizadas várias operações policiais, destacando-se a “Operação Cinderela”, ocorrida no dia 3 de novembro, que culminou na apreensão de uma arma de fogo e prisão de dois criminosos, foragidos do sistema penitenciário sergipano e parceiros em atividades ilícitas de homicídios e assaltos em Laranjeiras. 

Outra operação que se destacou no período foi a “Operação Ilha Brasil”, derivada da investigação que apurou o assalto à agência do Banco do Brasil de Pacatuba. Como resultado foram efetuadas as prisões de seis pessoas e a apreensão de sete armas, entre elas uma pistola subtraída de um policial militar.

Através de abordagens complementares as operações foram apreendidas os outros armamentos e presos os outros suspeitos.