Delegacias estão impedidas de abrigar novos presos em Sergipe

Uma portaria publicada nesta sexta-feira (9) pelo delegado-geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira, proíbe o recebimento de novos presos nas delegacias de Sergipe. 

A medida, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), é resultado da superlotação nas carceragens.As delegacias da capital e do interior abrigam, atualmente, cerca de 400 presos, o que na ótica do delegado-geral é uma situação grave e que foge à obrigação legal da SSP. "Compromete não apenas a prestação de serviços, mas principalmente a segurança dos profissionais e da população que busca atendimento ou reside no entorno de delegacias”.

De acordo com a portaria, a custódia de novos presos está suspensa até que ocorra a transferência de todos os presos que estão nas celas das unidades da Polícia Civil para unidades do sistema prisional.

Das nove penitenciárias do Estado, três estão interditadas para receber novos presos por determinação judicial por conta da superlotação. 

F5 News