220 homens foram presos por violência doméstica no ano passado

A Delegacia de Atendimento à Mulher realizou 220 prisões relacionadas à violência doméstica no ano passado. De acordo com informações do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis da Polícia Civil, mulheres na faixa etária entre 18 a 59 anos foram vítimas desses homens conduzidos à detenção.

De acordo com a delegada Renata Aboim, “esse número inclui as quebras de medidas preventivas, que também geram prisões”. Somente no ano passado foram estabelecidas 695 medidas protetivas, que são medidas de urgência não só para assegurar o direito da vítima, mas a sua proteção e de sua família.

Dos 2.668 boletins de ocorrência registrados, foram instaurados 998 inquéritos policiais encaminhados para a Justiça. A unidade converteu mais de 60% dos registros de ocorrência em processos judiciais.