Convite para estágio na Europa faz o Amadense perder segundo treinador

O Amadense ainda não estreou em partidas oficiais em 2017, mas está sem treinador pela segunda vez na temporada. Samuka pediu demissão neste sábado, após receber um convite para fazer estágio na Europa. A informação foi confirmada pelo treinador e o administrador do Leão, Tony Maravilha.

Segundo Samuka, ele vai estagiar com Jorge Sampaoli, no Sevilla da Espanha. O clube só deve anunciar o novo técnico neste domingo.

- Um ex-jogador, amigo meu que trabalha lá na comissão do Sevilla, fez o convite e não pude recusar, pois almejo assumir uma grande equipe brasileira e tenho que ter esses conhecimentos. Mas o elenco do Amadense está montado, treinado e pronto para a estreia na próxima semana. Vai ter uma grande atuação contra o Frei Paulistano fora de casa. Ainda quero voltar a treinar o Amadense e se Deus quiser, voltarei - afirmou Samuka.

O técnico que iria assumir a equipe inicialmente seria Pery Santana, que acabou trocando o Leão pelo Ji-Paraná disputar o Rondoniense. Samuka assumiu a equipe na sequência e fez toda a pré-temporada, que começou no final de dezembro. O administrador do clube, Tony Maravilha, afirmou que neste domingo deve anunciar o novo comandante do Leão.

- O Amadense se está feliz com a possibilidade do técnico Samuka ir buscar mais conhecimento. As portas do clube estão abertas para o treinador, que deixou a equipe formada. Estamos trabalhando desde já para buscar o substituto - afirmou Tony Maravilha.

Globo Esporte / SE