Everton Santos sai do banco e marca gol da vitória do Confiança sobre Boca

Dois jogos, duas vitórias, o Dragão do Bairro Industrial permanece 100% no estadual. Na tarde deste domingo, o Confiança venceu a segunda seguida. Depois de derrotar o Botafogo de Cristinápolis, o time proletário conquistou mais três pontos, desta vez fora de casa, no Francão, contra o Boca Júnior.

No primeiro tempo, os goleiros não tiveram muito trabalho. Muitas faltas, passes errados e pouca criação dos dois lados. Na segunda etapa, Leandro Sena colocou Everton Santos na partida. Ele mudou o jogo para o Confiança e foi o responsável por marcar o gol da vitória aos 20 minutos.

Com a vitória, o time proletário assume a liderança do estadual com seis pontos. Mesma pontuação do Itabaiana, mas o Confiança ganha no saldo de gols. O Boca Júnior ficou na sétima colocação com apenas um ponto em dois jogos.

Na próxima rodada, o Confiança tem o primeiro clássico no Campeonato Sergipano no dia 29 de janeiro. O Dragão recebe o Itabaiana na Arena Batistão, às 17 horas. No mesmo dia e horário o Boca Júnior recebe o Amadense no Francão.

O jogo

Primeiro tempo bastante equilibrado. Os dois times estavam bastante previsíveis, com sistemas de jogo semelhantes. O Boca fez valer o mando de campo, não se intimidou por enfrentar o Confiança. Equipes estavam sem criatividade. Aos 39 minutos o genérico argentino até reclamou de um pênalti que não foi marcado. Joelton fez jogada individual, caiu e pediu pênalti, afirmando que teria sido tocado. A etapa inicial encerrou com pouco trabalho por parte dos goleiros.

No intervalo a mudança de Leandro Sena mudou a história do jogo. O técnico proletário colocou Everton Santos em campo, atleta saiu do departamento médico recentemente. Com a entrada do meia, o Dragão mudou o desenho tático, melhorou a qualidade no passe e foi de Everton Santos o gol que deu a vitória ao Confiança no Francão.

Aos 20 minutos, o meia recebeu o passe, dominou e teve tempo de tirar do zagueiro antes de mandar a bola na rede. Um belo gol! De tanto tentar, o Confiança conseguiu, foi premiado. O Boca até criou algumas chances na etala final, principalmente nos contra-ataques com Joelton e Warley. Alex Tank também teve algumas oportunidades, mas não finalizava bem, a melhor chance dele foi em uma bicicleta, já aos 38 minutos, e a bola passou perto do gol de Henrique.

Com a saída de Álvaro, Everton melhorou ainda mais, ocupou os espaços vazios e armou mais as jogadas para o time proletário. Confiança foi superior na maior parte do segundo tempo e, por isso, a vitória foi merecida.

Globo Esporte / SE