Itabaiana abre placar com golaço, Frei Paulistano iguala, mas Macaíba decide

Poderia ter sido bem mais fácil. O Itabaiana sobrou em campo. Em termos de posse de bola e chances claras de gol, o Tricolor da Serra ganhou "fácil" do Frei Paulistano. O problema é que não basta só criar, é preciso mandar a bola para a rede. No primeiro tempo, o Tremendão perdeu muitos gols, mas antes de encerrar esta etapa conseguiu marcar, e que golaço! Hércules, de voleio, acalmou os ânimos da torcida que já estava impaciente. Os visitantes nem assustavam o goleiro Genivaldo.

Na etapa final, a equipe de Frei Paulo melhorou, passou a atacar mais, pois antes só se defendia. E logo aos 10 minutos Acácio aproveitou a falha da zaga tricolor e empatou a partida de cabeça. O Itabaiana continuava perdendo gols, até que, aos 35, brilhou a estrela do atacante Paulinho Macaíba. Ele recebeu um bom passe e teve calma para dominar a bola, olhar para o gol e mandar a bola para o fundo da rede. Decretando assim a segunda vitória seguida do Tremendão.

A nova vitória deixou o Itabaiana na cola do Confiança, novo líder do estadual. O Tremendão tem os mesmos seis pontos do rival azulino, mas perde no saldo de gols e por isso fica com a segunda colocação. Enquanto isso, o Frei Paulistano cai duas posições e é o sexto colocado agora com apenas um ponto.

Na próxima rodada, o Itabaiana tem clássico no estilo "jogo de seis pontos". O Tricolor da Serra vai enfrentar o Confiança no dia 29 de janeiro na Arena Batistão, às 17 horas. Um dia antes o Frei Paulistano recebe o Dorense no estádio municipal de Frei Paulo, às 15h30. 

O jogo

Desde que a bola rolou no Etelvino Mendonça, o Itabaiana foi pra cima. Jogando em casa, o Tricolor da Serra criou diversas oportunidades na primeira etapa. Geovane chegou a perder um gol cara a cara com o goleiro Manga. Mas não foi só ele, todo o time tricolor pecou muito nas finalizações e no último passe. Apesar disso, o Frei Paulistano não oferecia nenhum perigo ao goleiro Genivaldo. Até que, já nos acréscimos, após boa troca de passes, André Beleza cruzou na medida para Hércules. O volante pegou de voleio, sem chances para o goleiro do Frei Paulistano. Golaço! E assim as equipes foram para o vestiário.

Na volta, o Frei Paulistano mostrou que ainda estava vivo na partida. Logo aos 3 minutos da etapa final Acácio cortou da direita para a esquerda e chutou de canhota, a bola passou do lado do gol de Genivaldo. Enquanto isso, o Tremendão continuava perdendo gols. Sete minutos depois, e setor defensivo do Itabaiana vacilou, Acácio pegou a sobra e de cabeça fez o primeiro da equipe de Frei Paulo, deixando tudo igual no Mendonção.

O gol veio como "ducha de água fria" para o Tremendão, que mandava na partida. A partir disso, a equipe de Frei Paulo começou a gostar mais do jogo. O Itabaiana não desanimou, continuou em cima, mas permanecia pecando nas finalizações. Ailton Silva via o tempo passar, as oportunidades perdidas e o time começava a ficar tenso em campo. A eficiência não estava das melhores. 

E de tanto tentar o Tremendão conseguiu. Aos 35 minutos, boa troca de passes da equipe tricolor. Paulinho Macaíba recebeu a bola, levantou a cabeça e encheu o pé, estufando a rede do Frei Paulistano. Marcando o gol que deu a vitória ao Tricolor da Serra no Etelvino Mendonça. 

Globo Esporte / SE