Sem surpresas, Itabaiana vence o Lagarto no Etelvino Mendonça

Sem surpresas, o Itabaiana iniciou a temporada 2017 com o pé direito, fazendo o que se esperava dele, vencer o Lagarto. Jogando no Etelvino Mendonça, o Tremendão conseguiu o resultado positivo diante do Lagarto, por 1 a 0, gol de Geovane. Um resultado que acaba representando uma grande injeção de ânimo em uma temporada cheia de competições importantes. O placar poderia ter sido elástico, não fossem as chances perdidas, principalmente no segundo tempo. Porém, valeu pela estreia e pelos três primeiros pontos na competição.

Com o resultado, o Itabaiana soma os três primeiros pontos na competição e se soma ao Sergipe, que também venceu na estreia. No outro jogo da rodada, Boca Júnior e Estanciano ficaram no empate em 1 a 1. Na próxima rodada, o Itabaiana recebe o Frei Paulistano no Etelvino Mendonça. O jogo está marcado para o domingo, às 16h. O Lagarto joga no sábado, também às 16h, contra o Dorense, no Ariston Azevedo.

Apesar de o mando de campo ter sido do Lagarto, que não pode jogar no Barretão por problemas estruturais no estádio, quem na realidade estava em casa era o Itabaiana na tarde deste domingo, no Etelvino Mendonça, e por isso mandou no jogo desde o início. Fabinho Cambalhota e Diego Neves, duas das principais contratações para a temporada 2017, começaram no banco de reservas por opção do técnico Ailton Silva. Mas os titulares comandaram bem o espetáculo. O Tremendão controlou o jogo e não teve dificuldades de ir para o intervalo em vantagem no placar. Aos 24 minutos, Chapinha fez toda a jogada pela direita, foi na linha de fundo, colocou a bola na área e Geovane, debaixo do gol, só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Na segunda metade do jogo, a supremacia do Itabaiana permaneceu evidente em campo. A equipe impôs o ritmo do jogo e ensaiou, por várias vezes, ampliar o marcador, principalmente nas triangulações de André Beleza, Geovane e Paulinho Macaíba. Aliás, Macaíba perdeu três gols cara a cara com o goleiro Thiago. Logo depois ele saiu de campo para dar lugar ao atacante Diego Neves. O Ita rondou o gol adversário mas ficou só no 1 a 0.

O Itabaiana venceu, jogou bem, não sofreu na partida. Mas o resultado positivo poderia ter sido construído de uma forma bem mais pomposa, não fossem as inúmeras chances desperdiçadas na partida, sobretudo no segundo tempo, com Paulinho Macaíba, que perdeu três chances na cara do gol. O camisa 11 estava em tarde pouco inspirada, apesar de ter sido bastante participativo no jogo.

Globo Esporte / SE