“Suposto pistoleiro é apadrinhado de gente importante”, Afirma Delegado

Carlos Antônio Barreto de Jesus, 20 anos, suposto pistoleiro e autor de diversos homicídios em Ribeirópolis e região, é o principal suspeito de ter executado duas jovens em Ribeirópolis no último final de semana.

Segundo declarações do delegado do município, Eurico Nascimento, o suspeito “é apadrinhado de gente importante”, e por esse motivo havia a dificuldade para prendê-lo, disse o delegado Eurico Nascimento em entrevista ao programa Fala Sergipe, na manhã desta terça-feira (24).

O delegado que está há pouco tempo à frente da delegacia explicou que o suspeito é responsável por vários homicídios na região e que a morte das jovens Dayane Sousa Costa, 23 anos, e Maiara Santos de Jesus, 15 anos, no último domingo (22), teria acontecido porque as duas vítimas teriam testemunhado um crime e “Toninho”, como é conhecido o suposto pistoleiro, teria agido para evitar depoimentos sobre o caso.

O suspeito continua foragido e até o momento a polícia não tem conhecimento de seu paradeiro. O delegado garante que as investigações estão avançadas e que a polícia deve efetuar a prisão do suspeito em breve. Já uma das vitimas teria envolvimento com o tráfico de drogas, inclusive no dia de sua morte, ela estava de porte de quantidade de cocaína.

Assassinato – As duas jovens trafegavam em uma moto quando um carro branco se aproximou e colidiu na moto. Elas cairam e em seguida um homem efetuou os disparos, matando-as no local.

Fax Aju