Adolescente é acusado de matar o filho de quatro meses em Propriá

Um adolescente de 17 anos está sendo acusado pela morte de seu filho, um bebê de quatro meses de idade, na cidade de Propriá, no baixo São Francisco. O crime aconteceu no último sábado (11) e de acordo com a Polícia Civil, os pais chegaram a levar o menino para o hospital municipal, mas ele não resistiu aos ferimentos.Em depoimento, o menor infrator confessou o delito. Ele relatou que estava trabalhando na feira da cidade e, antes de voltar para casa, consumiu entorpecentes. 

Por volta de 17h30, ele estava sozinho com o bebê em sua residência e como o menino não parava de chorar, começou a espancá-lo.Cerca de trinta minutos depois, a mãe da criança, uma adolescente de 16 anos, chegou a casa e encontrou o garoto com hematomas pelo rosto. 

A menina foi tirar satisfações com o companheiro e também foi agredida, conforme informações do delegado Eurico Nascimento.As investigações apontaram que esta teria sido a quarta vez que o bebê foi agredido pelo pai. O adolescente já possuía passagem pela polícia por envolvimento com o tráfico de drogas.Ainda de acordo com o delegado, a mãe da criança está bastante abalada e não há indícios que apontem o seu envolvimento com o crime. 

No sábado, o marido tentou convencê-la a fugir para o estado de Alagoas, mas ela resistiu. Em depoimento, a adolescente contou que nunca denunciou o marido porque sofria ameaças.Nesta segunda-feira (13), o adolescente infrator será encaminhado ao Ministério Público (MPE) que deve analisar a denúncia. 

Caso a acusação seja mantida, o rapaz deve ser encaminhado para a Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (USIP) onde deve ficar por 45 dias até que a Justiça decida sobre a apreensão definitiva. O corpo da criança ainda não foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) porque está sem a certidão de nascimento. 

F5 News