Confiança reclama do gramado em Dores, mas comemora "ponto suado"

Não dá para negar que o ponto somado pelo Confiança contra o Dorense foi suado. A temperatura em Dores estava elevada e para complicar ainda mais o gramado do Estádio Ariston Azevedo está londe de ser bom, duro e irregular, foi um desafio para as duas equipes. O empate sem gols acabou sendo um placar justo, pelas dificuldades de se criar.

- A gente veio pra cá preparado. O time sabia da dificuldade que é jogar contra a equipe deles e principalmente o estádio, que infelizmente tem um gramado muito ruim. Mas a gente lutou, batalhou do início ao fim, criou oportunidades de fazer o gol, não conseguimos, mas o time está em uma crescente - disse Jardel.

- Nossa avaliação é que foi um jogo muito difícil, truncado e o campo acho que atrapalhou um pouco, mas acho que a equipe está de parabéns pelo empenho e garra - afirmou Diogo.

Com este resultado, o Confiança fica na terceira colocação, com oito pontos, dois a menos que Sergipe e Itabaiana. O Dorense sobe uma posição, vai para o quinto lugar com cinco pontos, só que pode perder este posto no fim da rodada, que acontece neste domingo. Na próxima rodada, o Dorense recebe o Botafogo-SE, no sábado que vem, no Estádio Ariston Azevedo, em Dores. O Confiança joga na segunda-feira, dia 13, às 20h15, quando enfrenta o Lagarto, na Arena Batistão, em Aracaju.

Globo Esporte / SE