Gabriel Cajano faz dois, Sergipe vence Estanciano por 4 a 1 e se mantém líder

Eficiência. Este é o termo que melhor define a vitória do Sergipe sobre o Estanciano, na Arena Batistão. No primeiro tempo o time do interior foi melhor, mas não aproveitou as oportunidades. Na etapa final, o Colorado não perdoou os vacilos da defesa do Canarinho e garantiu a vitória por 4 a 1. Wallace Pernambucano, Gabriel Cajano (2x) e Lelê anotaram para o Sergipe. Missinho descontou para o Estanciano.

Com este placar, o Sergipe continua na liderança, desta vez com dez pontos, e aumentou seu saldo de gols para o Itabaiana, segundo colocado com os mesmos dez pontos. O Estanciano continua na quarta colocação, com quatro pontos, mas pode perder posição nos jogos de domingo. O Sergipe disputa a Copa do Nordeste no final de semana, recebe o América-RN na Arena Batistão. O Estanciano recebe o Frei Paulistano no domingo, no Francão.

O jogo era na Arena Batistão, casa do Sergipe, mas parecia que o Estanciano estava mais a vontade. O goleiro João Ricardo foi muito acionado, mas a verdade é que, se o Canarinho sabia chegar ao ataque, seus atacantes não estavam com a pontaria em dia. Na primeira falha da equipe do interior, Wallace Pernambucano não teve dificuldades para mandar de cabeça e abrir o placar. 

O gol não deixou o time de Betinho mais tranquilo, tanto que aos 36 minutos, Missinho empatou o jogo. Depois o clube de Estância teve duas oportunidades para ampliar, mas não conseguiu passar por João Ricardo. As duas equipes foram para seus vestiários com a sensação de que o placar não era justo.

Gabriel Cajano foi o nome do segundo tempo. Logo aos 20 segundos ele recolocou o Sergipe na frente, após aproveitar rebote do goleiro. O gol deixou o time da capital mais tranquilo, só aproveitando os contra-ataques e foi neste fundamento que Cajano ampliou para o Sergipe. Com o 3 a 1 no placar, o Estanciano meio que se entregou e o Colorado atacou sem precisar forçar muito. Quirino, Lelê e Ramalho tiveram boas oportunidades de ampliar e quando tudo indicava que o placar não seria alterado, Lelê aproveitou o rebote e deu números finais ao jogo.

Globo Esporte / SE