Incêndio atinge Parque Nacional da Serra de Itabaiana

O 1º Subgrupamento Independente de Bombeiro Militar localizado no município de Itabaiana, no Agreste Central de Sergipe, foi chamado no Inácio da tarde deste domingo (19), para combater um incêndio no Parque Nacional da Serra de Itabaiana, que é de responsabilidade do Instituto Chico Mendes (ICMBIO). No local também fica o Parque dos Falcões, que é muito visitado por turistas.

No início da noite as chamas podiam ser vistas da capital, que está a mais de 50 quilômetros das serra. Elas atingiram o topo da serra e segundo informações passadas pela equipe do Grupamento Tático Aéreo (GTA), que esteve no local para ajudar na avaliação das proporções do incêndio, fica muito próximo a área das antenas.

Os brigadistas do Corpo de Bombeiros de Itabaiana estão no local atuando no combate as chamas. “O incêndio é preocupante. Tivemos que retornar porque à noite o combate nestas condições é de risco, mas ao raiar do sol, o helicóptero retorna a região com equipamentos, como um que é uma espécie de bolsa que armazena água e lança no local do sinistro”, explicou o comandante do GTA, Virgílio Dantas.


Segundo a comunicação do GTA, o monitoramento vai ajudar ao “Corpo de Bombeiros que traçará a melhor estratégia de combate e o helicóptero do GTA pode ser utilizado para o transporte de militares e equipamentos até o local, que é de difícil acesso. Além disso, ainda poderá contar com a utilização do "Bambi Bucket" (cesto para transporte de até 540 litros de água), que torna possível o apoio no combate as chamas”.

Área de Proteção

O Parque Nacional da Serra de Itabaiana possui uma área de 8.024,79 hectares de mata atlântica e a criação ocorreu da área de proteção ocorreu em 15 de julho de 2005. No local, existem espécies ameaçadas e protegida como o Lagartinho-de-abaeté (Cnemidophorus abaetensis). O G1 não conseguiu contato com o Instituto Chico Mendes (ICMBIO).

G1/SE