Itabaiana perde muitos gols, faz dois, vence Botafogo e assume a liderança

Na tarde desta quarta-feira Botafogo de Cristinápolis e Itabaiana se enfrentaram pela sexta rodada do Campeonato Sergipano no estádio Jailton Menezes, o "Titão", no município de Frei Paulo. 

O alvinegro já entrou em campo todo atrapalhado. Três jogadores titulares foram divulgados com um número e depois informaram outra numeração (15-Baltazar, 19-João Pedro e 16-Thauan. Como se isso não bastasse, dois atletas que estavam relacionados para o banco não compareceram e a equipe ficou só com cinco reservas.

Tanto no primeiro quanto no segundo tempo o Itabaiana dominou a partida, perdeu um caminhão de gols, mas aos 30 minutos enfim a rede balançou. Pedro Pires que entrou na segunda etapa acertou um belo voleio e abriu caminho para a quinta vitória do Tricolor da Serra em sete jogos no estadual. No finalzinho, de pênalti, Igor Alves fechou o placar em Frei Paulo. 

A vitória deixa o Itabaiana provisoriamente na liderança da primeira fase do estadual, com 17 pontos. Três a mais que o Confiança, que joga nesta quinta-feira no mesmo estádio contra o Frei Paulistano, às 15h30. O Botafogo permanece na sétima colocação com seis pontos.

Primeiro tempo

Foi o famoso "jogo de um time só". O time do Botafogo apenas se defendeu e o Itabaiana cansou de tanto atacar. Mesmo assim o Tricolor da Serra continuou com dificuldade para balançar a rede do alvinegro genérico. Nos primeiros dez minutos, Fabinho Cambalhota chutou forte no canto esquerdo e o goleiro espalmou, na sequência, em cobrança de escanteio, Paulinho Macaíba tentou por cobertura e a bola foi por cima do gol, perdendo uma grande chance. 

Enquanto isso, o Botafogo permanecia fechado no setor defensivo e tentando explorar algum contra-ataque, mas sem sucesso.

Quem mais teve oportunidade de abrir o placar foi o atacante Macaíba. Em outro momento da partida ele fez boa jogada individual e na hora do chute foi travado pela defesa, com isso mandou por cima do gol. Depois, ele aproveitou o cruzamento de Hércules e cabeceou, novamente sem perigo para o goleiro da equipe de Cristinápolis. Ele ainda teve mais uma chance, quando tabelou com Geovane, chutou e a bola tirou tinta da trave. 

Quem também chegou algumas vezes com perigo foi o meia Igor Alves. A principal foi já na reta final da primeira etapa, quando Fabinho Cambalhota não aproveitou o cruzamento e a bola sobrou para o meia tricolor. Igor chutou e o goleiro fez boa defesa. E assim acabou a etapa inicial, com o Itabaiana sofrendo do mesmo problema, a falta de eficiência. Sendo assim: 0 a 0. 

Globo Esporte / SE