Paulista é preso por estelionato na venda de celulares em Sergipe

Um paulista de 40 anos foi preso preventivamente na Orla da Atalaia em Aracaju (SE). Ele é suspeito de estelionato por vender smartphones com preço abaixo de mercado e entregar a caixa vazia ou com um celular usado. De acordo com informações da Polícia Civil, ele já se preparava para deixar Sergipe e voltar para Campinas (SP).

A operação 'Caixa de Pandora' foi deflagrada por policiais do município de Frei Paulo, que investigaram o suspeito. “O golpe consistia em procurar pessoas humildes nas portas de casa oferecendo celulares muito abaixo do preço de mercado. Ele exibia um celular novo na caixa sendo que ao ir embora da cidade ele entregava uma caixa vazia ou com um celular usado. 

A fuga da cidade logo após o crime é um dos requisitos da prisão preventiva, a fim de assegurar a aplicação da Lei Penal”, explicou o delegado Leógenes Corrêa, responsável pelo caso.

Com o suspeito, foi apreendido um celular ainda na caixa do modelo que ele apresentava para convencer as vítimas, além de R$ 1.350. Segundo o delegado, quem reconhecer o suspeito por outros crimes, pode procurar a Delegacia de Frei Paulo ou a delegacia mais próxima para denunciar.

No dia 2 de fevereiro deste ano uma vítima do município da Barra dos Coqueiros (SE) prestou uma queixa do golpe aplicado contra ele.

G1/SE