Poucos chutes, sem gol: clássico entre Itabaiana e Sergipe termina empatado

Quase três mil pessoas foram ao Estádio Etelvino Mendonça para acompanhar o clássico entre Itabaiana e Sergipe. No primeiro tempo os donos da casa foram muito superiores, balançaram a rede com Diego Neves, mas o camisa 9 foi flagrado cometendo falta de ataque e o gol anulado. Na etapa final a partida ficou mais equilibrada, cheia de opções, mas pouco chutes a gol. 

Melhor para o Sergipe, que continuam na liderança com 11 pontos, mas com saldo de gols melhor. O Itabaiana continua em segundo, mas pode perder o posto para o Confiança, no final de semana.

As equipes voltam as suas atenções à Copa do Nordeste. O Itabaiana visita o CSA, pela terceira rodada do grupo D. Partida acontece neste sábado, às 16h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. No dia seguinte, às 16h, na Arena Batistão, em Aracaju, o Sergipe recebe o Botafogo-PB, pela terceira rodada do grupo E. Pelo estadual, o Itabaiana visita o Botafogo-SE, no dia 22 de fevereiro. No mesmo dia, o Sergipe recebe o Boca Júnior-SE.

Em casa, o Itabaiana dominou o Sergipe durante os primeiros 45 minutos. O time visitante pouco criou jogadas de ataques e sofreu na defesa. Diego Neves chegou a balançar a rede para o Itabaiana, mas o árbitro anulou o gol, acusando falta do camisa 9 Tricolor. O placar poderia ser inaugurado aos 36 minutos, mas Ferreira fez grande defesa na cabeçada de Thomas Anderson, a bola bateu no travessão e, no rebote, Alexandre mandou de canhota e o camisa 1 Colorado fez nova defesa e garantiu o 0 a 0.

Na etapa final teve muito correria, cruzamentos e dribles, mas praticamente nenhum chute a gol. Os donos da casa tentaram uma pressão no final do jogo, mas sem pontaria. E as equipes terminaram o jogo do mesmo jeito que começaram.

Globo Esporte / SE