R$ 7 milhões em recursos e ações contra a seca é liberado para municípios sergipanos

Nesta terça-feira (7), o Diário Oficial da União publicou o reconhecimento de situação de emergência do Ministério da Integração Nacional (MIN) para o município de Nossa Senhora das Dores, no Médio Sertão de Sergipe. O reconhecimento federal tem vigência de 180 dias.

Segundo o MIN, o prolongado período de seca e estiagem na região semiárida do país levou à situação de emergência em municípios de Sergipe, como também inas Gerais e Bahia.

A medida irá garantir às prefeituras acesso a recursos da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) para socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais.

Além do apoio para ações emergenciais, o reconhecimento federal também possibilita à população afetada outros benefícios como a aquisição de cestas básicas, renegociação de dívidas no setor de agricultura com o Banco do Brasil e o auxílio do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) para a retomada da atividade econômica.

Radiografia da Seca

O Governo Federal já reconheceu em Sergipe 28 cidades em estado de emergência: Nossa Senhora da Glória, Pinhão, Carira, Graccho Cardoso, Itabi, Macambira, Frei Paulo, Nossa Senhora Aparecida, Ribeirópolis, Cedro de São João, Propriá, Telha, Porto da Folha, Simão Dias, Poço Verde, Moita Bonita, São Miguel do Aleixo, Nossa Senhora de Lourdes, Poço Redondo, Gararu, Feira Nova, Monte Alegre de Sergipe, Cumbe, Aquidabã, Canhoba, Canindé de São Francisc, Pedra Mole e Nossa Senhora das Dores.

Na lista do GovernoEstadual são 30 municípios, além dos 28, estão Tobias Barreto e Japoatã. Estes dois municípios, porém, aguardam a análise e decreto federal.

Apoio

Nesta terça-feira (7), o ministro da Integração Helder Barbalho e o governador Jackson Barreto anunciaram, em Brasília, a liberação de R$ 7 milhões em recursos e ações com o objetivo de minimizar os efeitos da estiagem, que atinge uma população de 462.544 habitantes.