Itabaiana joga o básico, sofre pressão no fim, mas vence Boca Júnior: 1 a 0

O Itabaiana não precisou de muito para vencer o Boca Júnior, na estreia do hexagonal. O Tricolor até dominou a posse de bola, mas sem muita objetividade. Quando teve um pênalti a seu favor, Paulinho Macaíba não desperdiçou e garantiu a vitória do Tricolor da Serra, mesmo com pressão do genérico argentino no final da partida.

Com a vitória, o Itabaiana assumiu a segunda colocação do hexagonal. Tem os mesmos três pontos do Amadense, mas o Leão leva vantagem no saldo de gols. Boca Júnior é o quinto colocado. Na próxima rodada, o Itabaiana visita o Confiança na próxima quarta-feira, na Arena Batistão, em Aracaju. No mesmo dia, o Boca Júnior recebe o Sergipe, no Estádio Francão, em Estância.

A equipe do Itabaiana dominou a posse de bola, mas foi o Boca Júnior quem se mostrou mais interessado em atacar. Só que o passe final do genérico argentino não estava em boa noite. Em jogadas de velocidade, os donos da casa chegaram e conseguiram o pênalti, convertido por Paulinho Macaíba.

Na etapa final os donos da casa só administraram. Os visitantes fizeram uma pressão, que ficou mais intensa no final, mas sem muita organização e qualidade no passe final. Melhor para o Itabaiana, que inicia a segunda fase com vitória.

Globo Esporte / SE