No Outono, chuvas em Sergipe devem ficar dentro da média

O outono começa hoje (20) no Hemisfério Sul e a previsão do tempo durante a estação em Sergipe é que as chuvas fiquem dentro da média em todo o estado. Esse período é, frequentemente, marcado por temperaturas amenas e mais chuvas, mas o cenário para o estado deve ser razoável.A estação é intermediária entre o verão e o inverno; as características em seu inicio são semelhantes às do verão, já no final da estação apresenta semelhança com o inverno. 

O que o distingue do verão é o período de chuvas que se inicia em todo o estado.O meteorologista Overland Amaral afirma que neste período em algumas regiões do estado chove de forma razoável e em outras diminui o volume, e deve ser assim ao longo da estação em abril, maio e junho.“A gente vê que as chuvas de abril, maio e junho são ligeiramente abaixo da média, isso implica dizer que as chuvas não serão extraordinariamente para ultrapassar a média histórica”, explica. Em alguns dias, porém, deverão ocorrer chuvas elevadas, semelhante às que ocorreram na capital e no interior, na última sexta e sábado.

Cada mês tem sua média de chuvas históricas; o mês de abril, por exemplo, fica em torno de 180 mm na faixa do litoral, na faixa do agreste em torno de 120 mm, na faixa do alto sertão é em torno de 75 mm. 

Já no mês de maio o litoral é a região mais chuvosa com 320 mm, no agreste 260 mm, e 120 mm na região do alto sertão. Em junho, no litoral fica em torno de 280 mm, no agreste 220 mm, e no alto sertão em torno de 110 mm.“É provável que as chuvas, em algum momento, fiquem na média histórica daquele mês, mas em modo geral a tendência é que chegue de normal – em torno da média ou na média – a abaixo da média, principalmente em abril e maio, provavelmente o mês de junho esteja na média ou ligeiramente acima”, acrescenta.

Os sertanejos sergipanos devem continuar com dificuldades, mas a probabilidade é de haver chuva. Na região semiárida a perspectiva nos próximos três meses é de que em algumas localidades terão condições específicas de chuvas acima da média, mas não deve regularizar a falta de água de modo uniforme em toda a região.“É provável que as chuvas sejam medianas em cada mês da estação. 

Possivelmente, a partir de julho em diante é que as chuvas possam se normalizar no Alto Sertão. Para fazer armazenamento de água tem que ter muita técnica para poder fazer agricultura na região semiárida com chuvas nesse patamar”, conclui Amaral.

F5 News