Professores de Sergipe deliberam greve por tempo indeterminado

Professores e professoras do estado de Sergipe entram em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira, 15 de março.

A categoria deliberou a greve durante assembleia geral unificada das redes municipais e estadual de ensino, que aconteceu na última quarta-feira, dia 8, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, em Aracaju.

A greve dos professores de Sergipe faz parte de uma movimentação nacional puxada, no seguimento da educação, pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

No dia 15 de março professores e professoras de todo o país vão cruzam os braços e aderir à Greve Geral Nacional da Educação. A pauta que congrega a luta dos professores e professoras em todo o Brasil pede o fim ao golpe de Estado, a não aprovação da reforma previdenciária, pelo cumprimento da lei do piso salarial nacional e pelos investimentos necessários e previstos no Plano Nacional de Educação (PNE).

Além da Greve Geral Nacional da Educação, os cenários em relação ao cumprimento do reajuste do piso salarial nacional do magistério nas redes municipais e estadual de ensino de Sergipe também foram pauta durante a assembleia dos professores.

Expressão Sergipana