Vitória garante liderança com triunfo sobre o Sergipe, que também avança

O Vitória teve competência para conquistar seu objetivo. Na noite desta quarta-feira, foi até Aracaju e venceu o Sergipe por 2 a 1, com gols de Kieza e David, e garantiu a liderança do Grupo E da Copa do Nordeste, conquistando, assim, a vantagem de jogar em casa o segundo jogo das quartas de finais da competição. Hiago, de pênalti, descontou para os donos da casa. O Gipão também está classificado como um dos melhores segundos colocados da competição.

Mas não foi fácil. É fato que o Rubro-Negro baiano foi melhor na primeira etapa, sobretudo depois do primeiro gol, mas sofreu durante quase todo o segundo tempo, quando o Sergipe pressionou bastante e incomodou com o atacante grandalhão Fabiano Tanque. 

Os adversários de ambas as equipes serão definidos em sorteio marcado para sexta-feira, às 11h (de Brasília). Os jogos de ida das quartas de final estão marcados para a próxima quarta-feira.  

David marca golaço, e Vitória abre vantagem 

Quem viu o golaço de David, aos 41 minutos da segunda etapa, não imagina como a primeira metade do duelo foi ruim em Aracaju. Muita entrega, porém pouco futebol, com direito a uma quantidade absurda de bolas desperdiçadas. 

Mas o Vitória conseguia ser superior, e chegou ao primeiro gol em uma descida de qualidade pela esquerda, que terminou com um gol no mínimo inusitado de Kieza. Aberto o placar, o Rubro-Negro foi muito superior, começou a trocar passes e colocou o Sergipe na roda. O segundo gol, justamente aquele de David, saiu em uma pancada de fora da área, sem chances para o goleiro Ferreira. 

Sergipe volta com tudo, mas não consegue o empate

O Sergipe resolveu apresentar o futebol que parecia ter esquecido durante toda a primeira etapa. As entradas de Sorriso e Fabiano Tanque deram ânimo novo à equipe, e o primeiro lance de perigo aconteceu logo aos cinco minutos. Três minutos depois, após jogada de Hiago pelo lado direito, Alan Costa cortou a bola com a mão dentro da área. Pênalti que o próprio Hiago bateu e converteu. 

O gol animou ainda mais o Gipão, que continuou em cima. O Vitória, por outro lado, se retraiu e passou a apostar nos contra-ataques, porém sem muito sucesso. O segundo tempo foi inteiramente da equipe da casa, que levou muito perigo com Fabiano Tanque nas jogadas aéreas, mas o gol que daria o empate e devolveria a liderança do grupo não saiu. 

Globo Esporte / SE