Boca sai na frente, mas Macaíba entra e vira jogo para o Itabaiana no Francão

Na noite desta terça-feira o Boca Júnior entrou em campo focado em conseguir uma vitória que poderia deixar o time em uma condição melhor na tabela, com uma possível vaga na Série D do próximo ano caso algum dos representantes deste ano consiga o acesso.

E o genérico argentino até começou na frente. Mano abriu o placar. Mas pouco tempo depois o Itabaiana empatou com Chapinha, que por volta dos 15 minutos recebeu um tapa de Oliveira e no final das contas acabou expulso junto com o volante do time de Estância. Ainda no primeiro tempo o Tremendão perdeu a chance da virada. Geovane desperdiçou um pênalti, mandou no travessão. 

Aí no segundo tempo, Macaíba entrou na partida e resolveu o problema de pontaria do Tricolor da Serra. O atacante fez dois gols e sacramentou a oitava vitória do líder do hexagonal em dez partidas. Netinho ainda diminui para os donos da casa. O Boca encerra a fase em quinto lugar, entra de férias e só volta a jogar no próximo ano. Já o Itabaiana se prepara para pegar o Confiança na final do estadual. O jogo de ida é no Batistão no próximo sábado, às 16 horas.

Expulsões, gols e pênalti perdido

O primeiro tempo começou com emoção. Os donos da casa entraram motivados a vencer a partida. O Itabaiana aproveitava para dar ritmo aos reservas, por conta dos jogos finais nos próximos sábados. Logo aos 4 minutos Mano abriu o placar no Francão. Depois de uma boa troca de passes do Boca Júnior no setor ofensivo, o camisa 9 balançou a rede e colocou os genérico argentino na frente. Sete minutos depois Chapinha empatou o jogo. O meia do Itabaiana aproveitou o rebote, após a bola acertar o travessão de Eliomar, e deixou tudo igual no em Estância. 

E pra "animar" ainda mais a partida, aos 15 minutos, Oliveira atingiu Chapinha com um tapa. O árbitro não conversou muito e mandou o volante do Boca para o chuveiro. A confusão estava armada no Francão. E depois de muito bate boca entre jogadores das duas equipes e questionamentos ao árbitro, Chapinha também foi expulso. Depois que a "poeira baixou", o Itabaiana permaneceu melhor na partida, mas sem muita eficiência. Até que, aos 44, Geovane foi derrubado dentro da área e o Itabaiana teve um pênalti para virar a partida. O próprio atacante que sofreu, bateu e mandou a bola no travessão.

Macaíba entra e resolve

Na etapa final, o Itabaiana continuou melhor. Mika e Tiago Garça até tentaram balançar a rede adversária, mas não conseguiram. O Tremendão estava com a pontaria descalibrada. O Boca só foi chegar com perigo já aos 23 minutos, quando Mika salvou os visitantes tirando a bola em cima da linha. Três minutos depois Andrade parou o ataque da equipe de Estância.

As entradas de Fabinho Cambalhota e, principalmente, de Paulinho Macaíba deram maior velocidade ao Tricolor da Serra, que conseguiu ser mais ofensivo e eficiente. Tanto que no primeiro lance Macaíba acertou a trave. No segundo, a rede. Virada do Tremendão no Francão. E já aos 44 minutos o Itabaiana ampliou o placar. Novamente Macaíba. Nos minutos finais o genérico argentino ainda diminuiu a diferença. Final em Estância: Boca dois, Itabaiana três.

Globo Esporte / SE