Com mais um gol de Salles, Santa Cruz vence Itabaiana e segue no Nordestão

Como um repeteco do jogo de ida, o Santa Cruz voltou a vencer o Itabaiana por 1 a 0 na noite deste sábado e está classificado para a semifinal da Copa do Nordeste. Não foi só o placar que se repetiu, mas o roteiro completo do jogo. Como vem virando rotina no time pernambucano, o zagueiro Anderson Salles foi o grande herói em mais uma cobrança de falta perfeita. Ele já havia marcado na ida e agora acumula cinco gols com a camisa tricolor.

Classificado para a semifinal, o Santa Cruz agora espera o vencedor do duelo entre Sport e Campinense, que acontece neste domingo, na Ilha do Retiro. Os paraibanos venceram o primeiro confronto por 3 a 1. Já é certo que o segundo jogo da semifinal será no Arruda, independentemente do adversário.

Santa Cruz e Itabaiana agora têm compromissos pelos seus campeonatos estaduais, na quarta-feira. No Pernambucano, o Santa joga contra o Belo Jardim, na Arena de Pernambuco. Pelo Sergipano, o Itabaiana tem um confronto contra o Amarante.

A partida

Apesar da vantagem por ter vencido o primeiro jogo, o Santa Cruz começou a partida indo para cima. No entanto, a "pressão" durou cerca de 15 minutos. O tempo foi suficiente para boas jogadas de Pereira e Thomás, mas o ritmo caiu de forma drástica com o passar dos minutos. 

E com isso, o Itabaiana começou a se soltar. Conduzido por André Beleza, o time sergipano quase marcou aos 30 minutos, quando Diego Neves aproveitou boa jogada de Magno e cabeceou no travessão de Julio Cesar. Com mais volume, os visitantes geraram impaciência na torcida coral, que passou inclusive a vaiar alguns jogadores, como o atacante Everton Santos.

Precisando do resultado, o Itabaiana voltou com tudo para o segundo tempo. Em menos de cinco minutos havia criado duas boas chances com Zaquel e Diego Neves, mas não conseguiu manter a pressão. Até manteve posse de bola, mas o Tricolor se defendia bem. E um dos destaques da defesa apareceu no ataque para, mais uma vez, salvar o Santa. 

Aos 27 minutos, Anderson Salles cobrou mais uma falta com muita qualidade e abriu o placar no Arruda. Foi o quarto gol de falta do zagueiro com a camisa coral. Ele já havia marcado o tento da vitória do jogo de ida e se consagrou como o grande nome da classificação coral.

Globo Esporte / SE