Eduardo Amorim diz que bancou 80% da reeleição de Maria do Carmo, a campanha de Mendonça Prado, e de outros e outros¨

O semanário Cinform, que está nas bancas, publica entrevista com o senador Eduardo Amorim (PSDB), citado no Inquérito 4438 da Lava-Jato, pelo ministro-relator Edson Fachin, do Supremo Tributário Federal.

Na entrevista, Eduardo diz que bancou 80% da campanha à reeleição da senadora Maria do Carmo (DEM), em 2014: ¨fui eu que banquei a campanha dela, de Mendonça Prado e de outros e outros. Está tudo na minha prestação de contas¨.

No inquérito, o ex-prefeito João Alves (DEM) aparece nos depoimentos de dois delatores da Odebrecht como quem pediu dinheiro para as campanhas de Eduardo Amorim, ao governo, e da senadora Maria do Carmo, à reeleição.

Leia mais: