Esporte: Estanciano empata e cai para a série A-2

O Estanciano foi até a Cidade de Lagarto para o último jogo do quadrangular da permanência na tarde deste domingo (16) e acabou cedendo o empate com a equipe Lagartense.

Com o resultado em 1 a 1 a equipe do Canarinho do Piauitinga desce para o Campeonato Sergipano da Série A-2. O Lagarto Futebol Clube fez a alegria da sua torcida, garantido a permanência na Série-A1 do Campeonato Sergipano.

Jogando pelo empate o Lagarto quase deixou a vaga escapar.  Aos 48 minutos do segundo tempo o Estanciano fez 1 a 0 com gol de Elias que subiu no segundo andar e cabeceou para o fundo do barbante. A torcida parecia não acreditar no que via. Mas na saída de bola o jogador Robertinho do Lagarto fez fila e tocou para Bruno que acabou sofrendo pênalti aos 51 minutos. Ele mesmo assumiu a responsabilidade e marcou para a alegria dos milhares de lagartenses e tristeza dos estancianos que viajaram quase 80 km para ver de perto seu time ser rebaixado.

Lagarto que jogava pelo empate teve sua vaga no grupo da permanência ameaçada. Se futebol existe milagres este estava na tarde deste domingo (16) de Páscoa no Estádio Paulo Barreto. A ansiedade de ambas as torcidas estava pra lá de descontrolada e somente nos últimos minutos de jogo foi possível revelar quem permanecia ou quem descia.

Polêmica:

O pênalti marcado pelo árbitro Wendel Oliveira criou polemica nas redes sociais e para alguns comentaristas da crônica esportiva sergipana e torcedores do Estanciano Bruno aproveitou a oportunidade do momento quente do jogo para simular um pênalti dentro da área do Estanciano.

Torcida na bronca

Com a confirmação para a segundona do sergipano a torcida foi solidária pelo rebaixamento e culpa mais uma vez a presidência do clube que segundo eles não se preocupou em ter um time competitivo. “O Estanciano só poderá retornar a série- A em 2019, triste, muito triste para o futebol estanciano”. Comentou um torcedor.

O arbitro que marcou o pênalti foi Wendel Oliveira que estava sendo auxiliado por Cleriston Clay B. Rios, Edmilson Oliveira Santos e Marcelo Soares.

O Dorense foi o outro clube que garantiu a permanência na série A.

Permaneceram: Dorense e Lagarto

Rebaixados: Botafogo de Cristinápolis e Estanciano

Por: Washington Reis