Lopeu celebra gol, pede desculpas por comemoração e diz que Leão está vivo

O Amadense voltou a aprontar na Arena Batistão. Na última quinta-feira, o Leão do Rio Real, que já tinha vencido o Sergipe, derrotou o Confiança e voltou a se animar no hexagonal. A equipe ainda está longe da zona de classificação, tem sete pontos, quatro a menos que o Dragão do Bairro Industrial, atualmente o segundo colocado, mas o resultado positivo reacendeu os ânimos do elenco alviverde de Tobias.

- Graças a Deus pudemos fazer um a zero e conseguimos segurar o resultado. Fomos prejudicados no decorrer do campeonato, mas agora vamos pra cima. Vimos uma brechinha, vimos que temos uma chance e agora vamos em busca da final -  afirmou o atacante Lopeu.

Ainda no início da primeira etapa, foi de Lopeu o gol que deu ao Amadense os três pontos importantes fora de casa. A equipe já estava praticamente sem chances de ir à final, mas como ele mesmo disse acima, agora reanimou e vai buscar a classificação nas últimas três rodadas, mas não depende de si somente, precisa vencer os dois jogos e torcer por combinações de resultados. Um detalhe na hora do gol dele foi justamente a comemoração. Ele foi festejar justamente em frente à torcida azulina, que não gostou, obviamente, e vaiou o atleta. Ele recebeu cartão amarelo e depois pediu desculpas aos adversários.

- Pois é, conseguimos ganhar do Confiança e do Sergipe aqui no Batistão, graças a Deus. O campo é bom, logo vai ser bom para jogar então deu tudo certo. Com relação ao gol, a torcida interpretou mal ali, era outra coisa o significado da comemoração, mas eu já pedi desculpas a eles e está tudo certo. O importante foi ter acreditado no chute de Tiquinho. Quando ele chutou, eu pensei: se essa bola sobrar pra mim, vou tentar colocar pra dentro do gol. E foi o que aconteceu. Eu pude ser feliz no lance, fazer o gol e ainda sair com a vitória - explicou o atacante do Leão de Tobias Barreto.

O Amadense permanece em quinto no hexagonal, agora com sete pontos e na próxima rodada vai enfrentar o Boca Júnior em casa, no estádio Brejeirão. A partida válida pela oitava rodada acontece no domingo em Tobias Barreto, às 16 horas. O genérico argentino é o terceiro, com nove pontos.

Globo Esporte / SE