Mulher é presa em Sergipe com 100 kg de maconha em ônibus de São Paulo

Uma mulher foi presa, na madrugada deste domingo de Páscoa (15), com documento falso e 148 tabletes de maconha prensada, o equivalente a 100 kg da droga. A suspeita é paulistana e vinha da conhecida feira do Brás, na cidade de São Paulo (SP), com destino a Aracaju em um ônibus interestadual. 

A prisão aconteceu no município de Cristinápolis, na BR 101, durante uma vistoria.Policiais federais realizavam a vistoria no ônibus no Posto de Fiscalização da Receita Federal, durante uma barreira que foi montada às margens da rodovia, quando encontraram no bagageiro do veículo quatro bolsas recheadas com a droga. As bolsas eram de uma passageira de 25 anos, identificada apenas pelas iniciais B.S.S.

Segundo a polícia, a mulher informou, durante interrogatório, que a droga seria levada para a cidade sergipana de Propriá e seria destinada ao mesmo homem que deixou as sacolas com ela em São Paulo. Ela foi contratada como "mula" por mil reais e receberia pelo serviço somente após a entrega. A suspeita, no entanto, disse que não sabia o nome e nem o contato telefônico do mandante.

Ainda com a mulher foi encontrada uma carteira de trabalho em nome de outra pessoa, mas com a foto dela. A mulher foi presa em flagrante por tráfico interestadual de drogas e autuada por falsificação de documento público. Ela foi encaminhada à Superintendência da Polícia Federal em Sergipe para formalização do auto de prisão em flagrante e depois levada ao Presídio Feminino, à disposição da Justiça Federal.

Imagem: Polícia Federal