Servidores do DETRAN/SE voltam a fazer paralisação

Diante do não cumprimento do prazo para apresentação da minuta de lei referente à criação e implementação do plano de cargos, carreiras e vencimentos (PCCV) dos servidores do Detran, a categoria, em assembleia realizada na manhã do dia 01 de abril, votou e decidiu: greve de horas.

O prazo, estipulado ainda no mês de janeiro deste ano, venceu no dia 31 de março. Deste modo, a categoria não conseguiu vislumbrar outra possibilidade senão a suspensão das atividades. Uma medida que não agrada a ninguém, mas que se faz necessária frente ao cenário de desvalorização dos servidores da autarquia.

Frequência da Greve

A greve terá início na próxima terça-feira, 11 de abril. Inicialmente, as atividades serão suspensas por dois dias (terça e quarta). Na semana seguinte serão três dias (terça, quarta e quinta). Na seguinte, serão quatro dias, e assim por diante, até atingir os cinco dias úteis da semana.

Modelo de Greve

O modelo adotado será a “greve de horas”. Ao invés da suspensão integral das atividades nos dias estabelecidos, optamos pela suspensão parcial. No atendimento, portanto, os servidores atenderão somente o primeiro e o último bloco de agendamentos, ou seja, os agendamentos de 08h e 12h. Os blocos de 09h, 10h e 11h não serão atendidos. A vistoria, por sua vez, atenderá somente os dois primeiros blocos (08h e 09h).

Por exemplo: nos dias 11 e 12 de abril, o Detran só funcionará das 08h as 09h e das 12h as 13h. Entre as 09h e 12h não haverá atendimento. Quem tiver, por exemplo, um atendimento agendado para a terça-feira, as 10h, não será atendido e deverá, portanto, fazer o reagendamento.

Abaixo, segue o calendário da greve para o mês de abril.

ASCOM
SINDETRAN SERGIPE