Centroavantes azulinos resolvem e Dragão vence o Dourado na Arena Pantanal

Na tarde e noite deste domingo a Arena Pantanal recebeu um grande duelo entre Cuiabá e Confiança pelo Brasileiro da Série C. O time sergipano saiu na frente com um velho conhecido da cidade, o conterrâneo Tito, artilheiro do Dragão. Ele marcou o décimo sétimo gol na temporada, o terceiro na competição e inaugurou o marcador já no final do primeiro tempo. 

Na etapa final, mais dois gols, ambos de pênalti. Primeiro para o Cuiabá, com Bruno Veiga. Depois para o Confiança, com Rômulo, que entrou no lugar de Tito logo no início do segundo tempo. Este último garantiu a vitória do Dragão do Bairro Industrial fora de casa.

Dragão agora tem duas vitórias em dois jogos e ocupa a vice-liderança do Brasileiro no Grupo A. Já o Dourado continua sem vencer. Tem um empate e uma derrota e cai três posições na tabela. O Cuiabá agora é o oitavo. Na próxima rodada, o Confiança joga primeiro. No sábado, os azulinos vão ao Maranhão enfrentar o Moto Club, às 16 horas. No domingo, o alviverde cuiabano enfrenta o Remo, às 19 horas, no Pará.

Demorou, mas teve "Lei do ex"

Nos primeiros minutos do jogo, era o Cuiabá quem pressionava. Tito, cuiabano formado nas categorias de base do Dourado, agora do lado azul tentava balançar a rede, mas estava bem marcado, pelo menos até os 15 minutos. Antes de o artilheiro aparecer na partida, Henal se atrapalhou com a bola, e quase Álvaro abriu o placar para o Confiança.

Depois dos 15 minutos, o Dragão começou a crescer no jogo e o próprio Tito por pouco não fez o primeiro. Por volta dos 23 minutos a partida já estava equilibrada e as equipes se revezavam no ataque. A bola insistia em procurar o artilheiro que literalmente jogava em casa, mas nada dava certo. Quando a bola enfim parecia que ia balançar a rede, Álvaro estava impedido. Aos 42, um cochilo do goleiro proletário. 

Henrique soltou a bola nos pés de Cristiano, e o atacante do Cuiabá perdeu uma chance incrível. Na sequência, Dakson cobrou falta na área e Douglas Mendes cabeceou com perigo no gol azulino. Mas um primeiro tempo tão eletrizante como esse não poderia terminar sem gol. E, aos 46, Álvaro achou Tito na área, que dessa vez não perdoou e estufou a rede do Dourado. Gol do Dragão! O terceiro do artilheiro na Série C. Na sequência, as equipes foram para o intervalo.

Substituto de Tito, Rômulo decide

Ainda no intervalo, Tito sentiu dores e nem voltou para a segunda etapa. Leandro Sena chamou outro centroavante: Rômulo. E parece que ele pegou carona na boa fase do companheiro de equipe porque foi dele o gol que decidiu a partida. Antes, o mesmo Rômulo perdeu uma boa chance aos 4 minutos. O Cuiabá tocava a bola no meio de campo, mas não conseguia chegar com perigo ao gol de Henrique. Os donos da casa intensificaram a pressão e em bola na área do Confiança, Henrique saiu, não achou nada, mas o atacante Cristiano desperdiçou a oportunidade do empate.

Enquanto isso, Álvaro continuava fazendo a festa na defesa do Cuiabá e por pouco não fez o segundo gol azulino. Depois o Dourado começou a ficar perdido em campo e não acertava os passes. Mesmo assim, aos 34, Cristiano caiu na área e o árbitro marcou penalti para o Cuiabá. Bruno Veiga foi lá e empatou a partida. E então chegou a hora de falar um pouco mais do gol do Rômulo. O centroavante que substituiu Tito teve, a chance de ouro em um pênalti, aos 46 do segundo tempo. Ele não sentiu a pressão e mandou na rede! Não dava mais tempo para nada, vitória proletária na Arena Pantanal: 2 a 1.

Globo Esporte / SE