Cozinha Segura: mais de 800 eletrodomésticos são fiscalizados em Sergipe

Mais de 800 eletrodomésticos foram fiscalizados em Sergipe no período de 19 a 23 de junho, durante a operação “Cozinha Segura”, que ocorreu simultaneamente em vários estados do país. 

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (04) pelo Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).Fiscais do ITPS percorreram diversos estabelecimentos para verificar se os eletrodomésticos atendiam à regulamentação do Inmetro, portando o selo de avaliação da conformidade e o conjunto de informações obrigatórias do fabricante.“A presença do selo atesta que o produto foi fabricado conforme a regulamentação do Inmetro, garantindo que não há riscos à saúde e segurança do consumidor. 

As informações do fabricante - como nome, razão social, CNPJ e país de origem - também são importantes, pois no caso em que houver problemas, é possível rastrear o responsável pelo produto”, explica o diretor-presidente do ITPS, Léo Araújo.

A lista de produtos fiscalizados pelo ITPS contém batedeira, cafeteira, chaleira, máquina de café, espremedor de frutas, grill, grelha, churrasqueira elétrica, liquidificador, sanduicheira e forno microondas. 

Não foram encontradas irregularidades nos eletrodomésticos verificados durante a operação.A gerente de Qualidade e Produtos Certificados do ITPS, Maria Inêz de Almeida, disse que o resultado da operação foi satisfatório, já que não foram encontradas irregularidades. “Também é preciso ressaltar o bom comportamento de fabricantes, distribuidores e varejistas que estão atentos à legislação do Inmetro relacionada a eletrodomésticos”, comenta.

O gerente executivo de Metrologia do ITPS, Moater Paulon, destaca que os fiscais atuam com ações preventivas, buscando disseminar as normas estabelecidas pelo Inmetro no que diz respeito à segurança e saúde do consumidor.“O mercado tem um comportamento focado na normalização. Então, a estratégia do ITPS é baseada na fiscalização inteligente, que consiste na busca de locais diferentes, onde possivelmente a presença de produtos irregulares é maior”, destaca.

*Com informações e foto do ITPS