'O maior cara de pau do Brasil foi condenado', diz Doria sobre Lula

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), comemorou a condenação do "maior cara de pau" do Brasil, como se referiu ao ex-presidente Lula no Twitter. 

O juiz Sergio Moro divulgou nesta quarta-feira (12) a pena do petista: 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. Lula só será preso se a decisão for confirmada em segunda instância. 

Durante a pré-campanha na eleição para prefeito, Doria adotou um discurso duro contra o PT. Lula, "um sem vergonha", era alvo preferencial. Eleito em outubro, o tucano chegou a afirmar que visitaria o ex-presidente "em Curitiba" e que até poderia levar chocolates para ele.