Afinal, o que tem dentro da minigarrafinha de Coca-Cola?

Não: para a infelicidade de algumas crianças excessivamente curiosas, não tinha refrigerante dentro das minigarrafinhas de Coca-Cola que fizeram sucesso no Brasil nos anos 1980 e 1990.

Distribuídas como parte de uma promoção, as garrafinhas de vidro vinham cheias de um líquido escuro misterioso que parecia, mas não era, Coca-Cola de verdade.

De acordo com a empresa da Coca-Cola , uma combinação entre água não gaseificada, corante caramelo e um conservante (benzoato de sódio) criava a ilusão de refrigerante dentro da miniatura.

O líquido não era feito para consumo, mas também não fazia mal, ao contrário do que diziam alguns pais na tentativa de coibir a curiosidade de seus filhos.