Câmara de Estância derrota recurso e mantém título de cidadão a Lula

A Câmara Municipal de Estância vai conceder o título de Cidadão Estanciano ao es-presidente Lula da Silva (PT) depois da polêmica gerada com o recurso apresentado pelo vereador Sandro Barreto Gomes (Sandro de Bibi), do PRB, solicitando a anulação da sessão plenária que aprovou a outorga, alegando excesso de urgência na tramitação.

Por oito votos contra o recurso, cinco votos favráveis e uma abstenção a Câmara manteve o titulo ao ex-presidente Lula, que chega em Estância na tarde de domingo (20), em caravana pelo Nordeste, que terá início nesta quinta-feira (17) em Salvador.

A derrota do recurso de Sandor de Bibi foi comemorada pelos vereadores e parte da população de Estância, apesar dos votos contra e da abstenção, levando em consideração que na votação que concedeu o título de Cidadania Estanciana, a aprovação do decreto foi por unanimidade.

Durante a sessão de terça-feira (15) vários vereadores foram à tribuna da Câmara e confirmaram que votaram no título de cidadania para o ex-presidente Lula da Silva e se mostraram contra ao recurso de anulação que concedeu a cidadania ao ex-presidente Lula, que visita a Estância na tarde do próximo domingo (20).

O vereador Sandro de Bibi, que é ligado ao ex-prefeito Ivan Leite (PRB), disse em seu recurso que a sessão que concedeu o titulo de cidadão ao ex-presidente, ocorreu de forma irregular com o pedido de urgência e que fugiu ao regulamento interno.

Desde a manhã de terça-feira que surgiram comentários de que a CCJ não apreciaria o recurso, em razão de pressão políticas de lideranças partidárias contrárias à concessão da Cidadania. O vereador Artur do PT, em aparte no plenário da Casa, deixou claro que essas pressões estavam ocorrendo. Tem quem admita que, mesmo sendo derrotada na CCJ, o recurso pode ser aprovado em plenário.

O vereador Sandro de Bibi também considerou, em seu recurso, que Lula responde a processo na Justiça Federal por corrupção e fora condenado em razão do Triplex de Guarujá, que no momento depende de decisão em segunda instância.

Reconheceu que Lula fez muito pelo Nordeste, mas fez uma pergunta ao próprio Ivan Leite: “você daria titulo de cidadão estanciano a um condenado?”. Sandro de Bibi não vê que isso se transforme “em campo de batalha”

Fax Aju