Dupla acusada de latrocínio contra policial civil da Bahia é presa durante operação

Policiais da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), em ação conjunta com a Divisão de Inteligência da Polícia Civil do estado da Bahia, efetuaram a prisão da dupla Lucas Santos Oliveira, vulgo “Nico”; e Uelton Santos Oliveira, conhecido como “Camelo”, autores do latrocínio que vitimou o policial civil Luiz Santos de Jesus, lotado na Delegacia de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes (Dreof).

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia montou uma força tarefa para a elucidação deste caso e em conjunto com a Polícia Civil de Sergipe efetuou duas prisões de envolvidos na ação delituosa, sendo a prisão de Uelton realizada na cidade de Camaçari, na Bahia; e Lucas Santos nas primeiras horas desta terça-feira, 15, no município de Simão Dias. Lucas Santos estava foragido e se escondia no interior de Sergipe desde o cometimento do latrocínio. Permaneceu na casa de um parente.

Após a operação e o cumprimentos das duas prisões, Lucas foi encaminhado ao estado da Bahia por equipes do Comando de Operações Especiais (COE) e Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que atuam naquela localidade.

Sobre o crime

O crime que levou à morte de Luiz Santos de Jesus ocorreu no bairro Liberdade, em Salvador, no dia 15 do mês de junho, quando o policial estava com a família e foi abordado por um grupo criminoso. Os homens pretendiam roubar o veículo do policial, mas ao perceberem que o proprietário do veículo estava armado e era policial, efetuaram disparos de arma de fogo contra a vítima.

Lagarto como eu vejo